Autor: Ponto e Contra Ponto Notícias

Conheça 05 profissões relacionadas a área de direito

Quando falamos em direito, pensamos logo em advogados e juízes. Porém, há diversas outras profissões relacionadas a área de direito. Se você tem interesse na área e gostaria de saber mais sobre o assunto, então continue por aqui.

Separamos algumas profissões interessantes para que você possa saber melhor como funciona e assim, pensar sobre dar início a ela ou não. Fique atento e anote aquelas que mais te chamam atenção.

5 profissões relacionadas a área de direito

A área de direito é muito ampla e isso permite a formação de vários profissionais em vários setores diferentes. A graduação nesse ramo é algo que está muito em alta e justamente por isso, oferece sempre boas oportunidades de emprego.

Abaixo, separamos algumas das principais profissões que envolvem o direito e que não estão diretamente ligadas a só ser um advogado ou um juiz.

1. Perito grafotécnico

A profissão de perito grafotécnico é muito importante em diversos casos que estão em julgamento. Principalmente se o caso envolve documentações e outros tipos de provas que tenham a caligrafia de alguém.

Isso porque o perito faz a análise e identificação da veracidade daquele documento em questão. Assim, ele pode fazer análises isoladas ou até mesmo acompanhar todas as etapas de uma negociação.

O perito fica encarregado de descobrir as seguintes coisas:

  • Assinatura fraudulenta;
  • Escritura falsa;
  • Cheque adulterado;
  • Entre outros;

O profissional especializado em grafotécnica é treinado para que possa fazer análises minuciosas dos traços da escrita. Assim, é possível realizar a comparação de documentos oficiais para que se possa afirmar se a assinatura é ou não verídica.

Se você ficou interessado em conhecer e saber mais sobre essa área que remunera bem os profissionais, acesse o site para o curso de perito grafotécnico.

2. Perito judicial

O perito judicial é uma das profissões relacionadas a área de direito, pois o profissional fica responsável por auxiliar o juiz a elaborar de forma técnica, um parecer relacionado à área de especialização pedida para o caso.

Sendo assim, o juiz aguarda as avaliações feitas pelo perito para que então, possa dar continuidade à sentença e a determinação do andamento dos casos que estão em análise.

O trabalho do perito judicial é fundamental, pois o juiz não é um profissional que tem total domínio sobre outras áreas de formação. Então ele precisa ter o apoio de profissionais especializados para que possa decidir como prosseguir com cada caso.

Para se tornar um perito judicial é necessário que se tenha formação na área e tenha também um tempo mínimo atuando.

3. Perito Psicológico

O perito psicólogo fica responsável por realizar avaliações psicológicas em indivíduos envolvidos em processo judicial e ele pode fazer a emissão de laudos contendo contestações técnicas científicas que são capazes de ajudar os juízes em suas decisões.

Existem diversas situações nas quais solicita-se a presença de um perito psicólogo. Ele é extremamente importante em casos de:

  • Guarda de menores;
  • Regulamentação de visitas;
  • Divórcio;
  • Inquéritos policiais;
  • Interdição de pessoas;
  • Abuso sexual de crianças;
  • Dentre outros;

4. Perito criminal

O perito criminal é um dos tipos de profissões relacionadas a área de direito que mais as pessoas conhecem. Isso porque as cenas de crime se tornaram sucesso nas telinhas, fazendo com que muitas pessoas se apaixonarem por essa área.

Esse tipo de profissional tem como foco perceber no ambiente aquilo que passaria despercebido aos olhos de uma pessoa que não foi treinada. Dessa forma, crimes poderiam ser solucionados e pistas sobre o caso descobertas.

O perito criminal fica responsável por:

  • Fazer laudo pericial;
  • Examinar local do crime;
  • Reconstruir fatos;
  • Efetuar medições e ensaios laboratoriais;

Para se tornar um perito criminal é necessário fazer um curso de pós-graduação de perícia criminal e ciências forenses.

5. Procurador

O procurador é o profissional que atua para defender o interesse do município, estado ou da união. Sendo assim, ele realiza participação em ações judiciais que tenham ligação à:

  • Prefeitura;
  • Governos estadual;
  • Governo federal;

Dessa forma, um procurador possui uma remuneração que vai de acordo com a região em que está atuando. Os valores são bem expressivos e é possível manter um ótimo salário.

Então, para se tornar procurador é preciso que o indivíduo seja concursado ou que tenha sido escolhido por um governante para que ele pudesse atuar em cargos de função de confiança.

Por fim, a área de direito envolve muitas outras áreas e diversas outras questões que vão se completando ao longo da jornada em busca da justiça. Por ser então uma área muito ampla, é crucial que se tenha diversos profissionais preparados.

Isso porque uma única função não daria conta de tantas sub funções. Por isso que se você tiver interesse na área, mas não quiser propriamente atuar como advogado, você pode se especializar em outras coisas.

Algumas áreas acabam não necessitando especificamente que você tenha graduação em direito, por isso, existem cursos específicos que capacitam o profissional para que ele possa atuar no ramo.

Gostou deste conteúdo? Deixe seu comentário sobre sua área de interesse e compartilhe-o com mais pessoas.

Licença óbito: o que é, quem tem direito e quantos dias?

Ninguém gosta de pensar sobre a morte, mas é importante estar preparado para ela. Uma licença óbito é um documento oficial que é emitido quando alguém morre.

Ele é necessário para que a pessoa possa ser enterrada ou cremada. Ela também é conhecida como atestado de óbito ou certificado de óbito que é emitido pelo médico que atendeu a pessoa que morreu, ou pelo médico legista.

O documento contém informações importantes sobre a morte, como a causa e a data.

A licença de óbito é um benefício concedido pelo INSS aos dependentes do segurado que faleceu. O benefício tem como objetivo amparar os dependentes financeiramente neste momento de dor e luto.

Mas quem tem direito à licença óbito?

Os dependentes do segurado que faleceu, sejam eles cônjuge, filhos ou pais, têm direito à licença óbito. O benefício é pago pelo INSS e tem duração de três a cinco dias, conforme o caso. Pais e cônjuge do segurado têm direito a três dias de licença, enquanto os filhos têm direito a cinco dias.

Segundo a lei, esse tipo de licença se aplica quando há falecimento de familiares diretos e pessoas que vivem sob dependência econômica do colaborador (desde que esteja declarada em sua carteira de trabalho e previdência social).

Por isso, é importante saber que tios ou primos não se encaixam na lei.

Confira abaixo o que diz o artigo 473:

Art. 473 – O empregado poderá deixar de comparecer ao serviço sem prejuízo do salário: (Redação dada pelo Decreto-lei nº 229, de 28.2.1967)

I – Até 2 (dois) dias consecutivos, em caso de falecimento do cônjuge, ascendente, descendente, irmão ou pessoa que, declarada em sua carteira de trabalho e previdência social, viva sob sua dependência econômica.

Contudo, muitas empresas se preocupam com sua equipe e podem abrir exceções em casos de falecimento de familiares indiretos, mesmo que não estejam amparados pela CLT.

A licença luto viabiliza a ausência do funcionário por um período de trabalho, sem perder a sua remuneração completa no fim do mês. Esse tempo pode variar conforme cada caso, mas a licença garante que o funcionário não terá prejuízos financeiros.

No entanto, é importante ressaltar que os filhos só têm direito ao benefício se forem menores de 21 anos ou se forem inválidos. Para ter direito à licença óbito, os dependentes do segurado devem apresentar os seguintes documentos:

  • Certidão de óbito;
  • Carteira de identidade;
  • CPF;
  • Comprovante de residência

Além disso, é importante que o dependente esteja em dia com o pagamento da contribuição mensal para o INSS. Como solicitar a licença óbito? A solicitação deve ser feita diretamente na agência do INSS. O dependente do segurado deve comparecer à agência munido dos documentos necessários e solicitar o benefício. Em alguns casos, a solicitação da licença óbito pode ser feita pelo telefone 13.

No entanto, é importante ressaltar que este é um serviço restrito aos cidadãos que já possuem um cadastro no INSS.

Quais os valores pagos pela licença óbito?

O valor da licença óbito é calculado de acordo com o salário do segurado. O benefício corresponde a 100% do salário do segurado e é pago pelo INSS. Para os dependentes do segurado que faleceu, a licença representa um importante amparo financeiro neste momento de dor e luto.

Não houve mudanças no processo de aplicação da licença óbito com a Reforma Trabalhista de 2017. Isso porque o artigo 473 da CLT. Porém, a lei que fala sobre acordos e convenções coletivas foi alterada.

Com a nova lei, os acordos e convenções coletivas podem prevalecer sobre a CLT em alguns temas específicos dispostos no art. 611-A da CLT. Por isso, como já dito anteriormente, caso a categoria do colaborador ofereça mais dias de licença e acrescente familiares indiretos, a empresa deve acatar essa norma e não o que diz a legislação trabalhista.

Com certeza, a licença óbito é mais do que uma obrigação legal, é também um ato de humanidade. Quando o RH se preocupa com o bem-estar do time interno, os resultados são vistos não só na produtividade, mas no sorriso de gratidão dos colaboradores.

A licença óbito é um benefício concedido pelo empregador aos funcionários que tiveram um parente falecido. O objetivo desta licença é dar ao funcionário o tempo necessário para lidar com o luto e os preparativos do funeral. Em geral, a licença óbito é de três a cinco dias, mas pode ser estendida por períodos mais longos se o funcionário solicitar e for autorizado pelo empregador.

Como Matar Caramujos em Casa?

Em apenas uma noite, caramujos e lesmas podem causar mais danos às plantas, do que muitas pragas de jardim em um ano inteiro.

Caracol caracol shell floresta musgo Foto stock gratuita - Public Domain  Pictures

Mais ativos à noite, eles se alimentam de uma variedade de plantas vivas, bem como de matéria orgânica em decomposição, como frutas e folhas caídas.

Os caramujos abrem grandes buracos na folhagem. Quase todas as hortaliças, flores ornamentais e algumas árvores frutíferas, especialmente as cítricas, estão sujeitas a ataques.

Se você tem uma infestação de caramujos no seu jardim, o primeiro passo é descobrir o que causou. 

Diferentes tipos de Caramujo

Existem mais de 20 mil espécies de caramujos catalogados ao redor do mundo. Porém, as mais famosas são o caramujo de jardim e o caramujo gigante africano.

Caramujo de jardim

Se você tiver caramujos em seu jardim, muito provavelmente eles são do tipo Helix Aspersa, a espécie mais comum de caramujo de jardim.  

O caramujo de jardim comum pode ser identificado por sua concha marrom arredondada e corpo cinza que mede entre 2cm e 3cm. 

Escargot

O Helix pomatia é um tipo de caramujo de jardim nativa da Europa muito utilizado na culinária francesa. O escargot difere do caramujo de jardim tradicional por sua cor mais pálida e por seu tamanho levemente maior.

Caramujos gigantes

A espécie mais famosa de caramujos gigantes é o caramujo gigante africano. 

Esses animais são originários do Quênia e da Tanzânia e foram introduzidos no Brasil nos anos 80 como uma alternativa barata ao escargot por seu tamanho avantajado, chegando a medir cerca de 30cm de comprimento

Doenças do Caramujo

Caramujos são geralmente inofensivos de manusear, mas podem transportar parasitas, que podem ser transmitidos aos seres humanos pela ingestão acidental de produtos não lavados.

As principais doenças causadas por caramujos de jardim são esquistossomose, fasciolose e meningite eosinofílica, que podem infectar as pessoas através do contato com secreções de caramujos, ou consumo de caramujos crus ou mal cozidos.

Os caramujos também podem infectar nossos cachorros e gatos com dois nematóides ou lombrigas que parasitam o coração e os pulmões. 

São o Angiostrongylus vasorum, também conhecido como dirofilariose francesa, e Crenosoma vulpis . Desta forma, deve-se evitar que cães e gatos se alimentam de caramujos e lesmas.

Todo caramujo transmite doença?

A boa notícia é que não! Para que o caramujo transmita doenças, ele deve estar infectado com parasitas, o que nem sempre é o caso.  

Para evitar o contágio por doenças causadas pelo caramujo, é recomendado que sua carne não seja consumida em hipótese alguma.

A higiene também é fundamental para se evitar qualquer doença transmitida pelo caramujo.

 Lave muito bem todos os alimentos como folhas e verduras, e caso entre em contato com um caramujo, lave as mãos imediatamente sem tocar em nada.

Como acabar com caramujos nas plantas?

Para eliminar caramujos e lesmas, é necessário conhecê-los primeiro. Em primeiro lugar, essas pragas não são insetos, portanto, os inseticidas típicos de jardim não funcionam.

Produtos tradicionais contra caramujos e lesmas incluem ingredientes prejudiciais a pessoas e animais de estimação.

Muitos jardineiros recorrem a remédios caseiros, mas a grande maioria tem baixa eficácia contra esses animais.

Mais eficiente do que veneno, arar o jardim regularmente é a forma mais eficiente para destruir os ovos do caramujo. 

Isso ocorre porque os ovos do caramujo de jardim são colocados na superfície do solo. Isso significa que arar ou lavrar o solo destruirá os ovos.  

Mas lembre-se, o caramujo de jardim tem um papel importante no ecossistema. O caramujo é alimento para outros animais como pássaros e roedores.

O caracol de jardim Foto stock gratuita - Public Domain Pictures

Outra importante função do caramujo de jardim é desempenhada no solo, pois sua movimentação permite a aeração, formação e fertilização do solo, algo semelhante ao que é feito pelas minhocas.

A forma ideal de acabar com os caramujos nas plantas é afastar os caramujos de seu jardim.

Como fazer veneno caseiro para caramujos?

Se você quiser matar caramujos, pode fazê-lo com sal. O sal absorve a água dos moluscos, que os desidrata e mata. 

Polvilhe o sal diretamente nos caramujos ou use uma camada para cobrir as plantas por onde ele rasteja.

Algumas alternativas ao sal são borrifar água com café ou alho por onde eles andam. Tanto alho quanto cafeína são tóxicos para os caramujos de jardim.

A principal desvantagem do uso de venenos caseiros para caramujos é que eles podem prejudicar as plantas e outros animais.

A melhor forma de remover os caramujos é manualmente, durante a noite quando estão mais ativos. Com o uso de uma luva, recolha os caramujos um por um e leve para longe do seu terreno.

Livre-se deles sem que seja necessário matá-los, mantendo o cuidado de suas plantas e impedindo que eles voltem.

Como afastar caramujos do jardim

Caracol depois da chuva Foto stock gratuita - Public Domain Pictures

Introduza predadores  

Um controle orgânico eficaz de caramujos é introduzir ou encorajar predadores. Galinhas são excelentes predadores naturais para os caramujos. 

Outros predadores que se alimentam de caramujos são sapos, tartarugas e gambás. Dessa forma, você não só estará afastando os caramujos de seu terreno como enriquecendo seu ambiente e a fauna ao redor.

Mantenha seu jardim limpo

Os caramujos são atraídos por material orgânico em decomposição como frutas e folhas caídas. Mantenha seu jardim limpo, para que ele não seja um atrativo para os caramujos.

Use plantas repelentes

Algumas plantas como alecrim, lavanda, mostarda, sálvia, begônia e gerânio, repelem caramujos e lesmas e ainda ajudam a manter os mosquitos afastados.

Elimine esconderijos 

Lidar com caramujos começa com a identificação e eliminação de seus esconderijos. Corte ervas daninhas e gramíneas altas, e remova lonas, pedaços de tronco, tábuas, e qualquer outra coisa que possa criar um esconderijo escuro e úmido para os caramujos.

Crie Barreiras

A forma mais eficaz de se livrar dos caramujos é impedir que eles cheguem até suas plantas. Para isso, basta colocar algo nos caminhos dos caramujos que eles não gostem. 

Polvilhar areia ou casca de ovo ao redor dos seus vasos e entradas para o jardim impede que eles se locomovam naquela direção, pois tanto a areia quanto a casca de ovo machucam o caramujo, fazendo com que ele evite aquele caminho.

Agora que você sabe mais sobre como controlar os caramujos no seu jardim, você pode garantir que esses pequenos insetos simpáticos nunca mais incomodem suas plantas. 

Mapeamento de riscos: qual a importância para a organização e como fazer uma boa gestão de compliance?

É muito comum no meio corporativo que as empresas passem por uma situação de vulnerabilidade que fragilize seu potencial de sucesso. Por essa razão, o mapeamento de riscos se torna uma tática necessária para identificar problemas que possam prejudicar o andamento dos negócios.

Para que esse tipo de trabalho aconteça, é importante que a empresa analise seu modelo de trabalho e, após identificar seus processos críticos e áreas de sensibilidade, realize o mapeamento.

Mas como aplicar esse modelo estratégico na prática? Não se preocupe! Ao longo deste artigo vamos explicar o que é mapeamento de riscos, para que serve, tipos e como mudar.

O que é mapeamento de riscos?

Mapeamento de riscos é um modelo de identificação de ameaças às quais as empresas podem estar sujeitas, seja no âmbito legal, financeiro, jurídico, político, operacional, social, ambiental, entre outros.

Logo, o monitoramento de riscos é uma ferramenta que auxilia as organizações a analisar as possibilidades de prejuízo. Quando são identificados os riscos, torna-se mais fácil antecipar as consequências que possam afetar as metas.

Esse tipo de atitude faz a empresa estar à frente do problema, isto é, em vez de amenizar a situação, ela a elimina antes de existir.

Embora o mapeamento de riscos seja algo planejado pelos gestores, é importante que toda a organização se envolva na elaboração, pois o trabalho coletivo pode apresentar um diagnóstico mais claro e objetivo, proveniente da visão de todos que fazem parte do grupo.

Quais são os tipos de riscos? 

Uma empresa está sujeita a riscos de diversas naturezas. Vejamos os principais:

Risco Legal 

Acontece quando a empresa não respeita as leis e o código de conduta que regem suas operações, em consequência, leva à quebra dos termos contratuais.

O risco legal é dividido nas seguintes categorias:

  • Risco de litígio: a organização pode ser processada por atividades que prejudiquem outras pessoas;
  • Risco regulatório: problemas de ordem jurídica, como não cumprimento de mudanças na legislação;
  • Risco de fraude: insegurança jurídica nos investimentos da empresa por falta de clareza;
  • Risco tributário: não cumprimento das obrigações fiscais;
  • Risco trabalhista: processos gerados por enfermidades da legislação trabalhista.

Risco Operacional 

Oriundo de falhas ou inconsistências de processos, pessoas e sistemas, podendo ser causado por eventos externos.

Entre eles, estão atrasos nas entregas; erros e valores; danos a ativos físicos; falhas operacionais, de pessoas ou tecnológicas; interrupção de atividades, etc.

Risco de Imagem 

Corresponde ao risco reputacional, ou seja, tipo que pode prejudicar a imagem da empresa junto a fornecedores, parceiros, clientes, investidores, e a sociedade de modo geral.

A reputação é um elemento imprescindível para a concretização dos negócios, isso porque uma imagem errada gera perda de clientes, de receita, desmotiva os profissionais envolvidos e até se tornam problemas judiciais, o que acarreta o fechamento da empresa.

O que é compliance? 

Diante disso, podemos associar o mapeamento de riscos ao termo compliance.

Compliance, que vem do inglês to comply (estar em conformidade), é visto no ramo organizacional como a realização de atividades de acordo como as normas na legislação.

Para que a empresa estabeleça uma política de compliance, ela deve estar ciente não somente sobre a natureza do negócio, como tudo que a envolve sob vigência das normas estabelecidas.

O resultado de um bom plano elaborado de compliance tem benefícios como o aumento de credibilidade perante os fornecedores, investidores, clientes e parceiros, redução de custos, aumento de lucratividade e fortalecimento na produtividade, como qualidade de produtos e serviços disponíveis.

Como fazer uma boa gestão de riscos?

Uma ideal gestão de riscos em compliance começa com o mapeamento de riscos e, neste caso, muitas empresas usam ferramentas, como a da Linkana, úteis para realizar a qualificação de fornecedores e combater os riscos de parceiros inadequados. 

No entanto, na prática, você pode começar fazendo entrevistas com os colaboradores individualmente e depois com os gestores de cada departamento para coletar o máximo de informações.

O segundo passo é implementar controles internos para monitorar cada tipo de risco.

O mapeamento de riscos em compliance deve integrar uma metodologia que integre os tipos de riscos e tudo o que os permeiam. Somente assim é possível conquistar informações claras que irão fortalecer o programa de compliance, assim, otimizando os processos da organização.

Gestão de riscos em compliance é a solução certa?

Como percebemos ao longo deste artigo, qualquer empresa corre riscos, o que diferencia uma da outra é o modo de lidar com possíveis contratempos.

O monitoramento de riscos é, portanto, é um procedimento que determina a tolerância de uma empresa ao risco, analisa seus pontos mais frágeis e busca maneiras de transformar os problemas em soluções.

Nesse sentido, é fundamental a companhia perceber que dificilmente conseguirá reverter uma situação grave sem um mapeamento de riscos. 

Os gestores devem estar cientes de que lidar com os riscos não é somente obedecer às regras, e sim, uma ferramenta para aperfeiçoar as estratégias de crescimento da organização.

Por essa razão que a gestão de risco em compliance é a solução mais viável que, desde o início, faz com que todos os integrantes da empresa respeitem o código de conduta.

Este post foi escrito especialmente para o blog Ponto e Contra Ponto e é uma iniciativa da Linkana de apresentar como implementar o mapeamento de riscos na sua empresa

13º Edição Do Fórum E-Commerce Brasil Tem Expectativa De Reunir Mais De 15 Mil Congressistas Para Discutir As Melhores Práticas Do Comércio Eletrônico

L´Óreal, Unilever, Meta, Polishop, Amazon, Mercado Livre, Electrolux, O Boticário e Google estão entre os grandes players que confirmaram presença Após dois anos sendo realizado no ambiente digital, a 13ª edição do Fórum E-Commerce Brasil volta para o modelo presencial. Considerada uma das maiores conferências do mercado de comércio eletrônico, o evento deve reunir mais de 15 mil congressistas para discutir as melhores práticas do comércio eletrônico. Nos dias 26 e 27 de julho, no pavilhão do Transamérica Expo Center, em São Paulo, os presentes contarão com uma programação completa de debates sobre os principais temas que permeiam o universo digital e o varejo, a fim de ditar tendências e ajudar os profissionais da área a se especializarem e criarem soluções para o mercado. Além disso, há a possibilidade de se desenvolver gradativamente por meio da troca de experiências e gerar novos negócios. Ao todo serão 220 expositores e 30 palcos de conteúdo simultâneos, com mais de 200 entusiastas do mercado. Além disso, o evento contará com quatro plenárias onde serão abordados assuntos relacionados a marketing e vendas; tecnologia e inovação; gestão e operação; e transformação digital. O Fórum E-Commerce Brasil 2022 contará com palestrantes nacionais e internacionais, dentre eles Marcelo Zimet, CEO da L´Óreal; Celia Goldstein, General Manager da Amazon Advertising Brazil; Marta Dalton, Global Director eCommerce da Unilever; Andre Sabioni, Head of Industry da Meta (Facebook); João Appolinário, Founder e CEO da Polishop; Rafael Bonjorno, VP Consumer Care & Ownership Experience Solutions LATAM da Electrolux; Fabiana Manfredi Diretora – Mercado Ads do Mercado Livre; Zé Lucas de Paula, Head Of Creative Works do Google; William Bruno, Principal Engineer do O Boticário, dentre outros. “Após dois anos de pandemia, essa edição será um marco histórico, pois será o maior evento já realizado e ocorrerá de maneira totalmente presencial, em um espaço mais amplo. Também teremos uma grade de programação com speakers altamente qualificados que abordarão o que há de mais inovador e disruptivo para o setor varejista e participantes de pelo menos 30 países e profissionais de todos os ramos, desde varejo até a indústria”, afirma Tiago Baeta, fundador do E-Commerce Brasil. O comércio eletrônico tem uma grande relevância na economia nacional. De acordo com um estudo da Neotrust, o e-commerce brasileiro registrou um crescimento de 12,6% no 1º trimestre de 2022, o que representou um faturamento de R$ 39,6 bilhões, 89,7 milhões de compras online e um aumento de 14% em comparação aos três primeiros meses de 2021. Dentre as principais categorias que mais se destacaram estão telefonia, eletrodomésticos, eletrônicos; moda e acessórios; e informática. “Esses dados comprovam a capacidade do setor de se desenvolver e se adaptar as mudanças, visto que o varejo digital foi uma das alternativas encontradas por muitos lojistas para crescer na pandemia. Por isso, nosso intuito é promover conexões reais entre os principais agentes do setor varejista e as empresas desse segmento para discutir a criação e implementação de soluções e estratégias assertivas e eficientes para que o setor possa crescer ainda mais de maneira escalável e saudável”, finaliza Tiago. Serviço: Data: 26 e 27 de julho Local: Transamérica Expo Center – Av. Dr. Mário Vilas Boas Rodrigues, 387 – São Paulo – SP Horário: 9h15 às 18h30 Credenciamento: a partir das 8h Mais informações: https://eventos.ecommercebrasil.com.br/forum/

Como colocar preço no Instagram? – Aprenda passo a passo

Como colocar preço no Instagram? Qual o curso de inglês preços? Essa opção de colocar preço no Instagram chegou ao Brasil em 2018 e de lá pra cá os perfis comerciais conseguem solicitar a opção “comprar agora” para sua conta.

Vale lembrar que o Brasil é o país que mais consome mídia e redes sociais todos os dias. Foi divulgado um dado em que o Instagram superou os números de usuários do Facebook. Esses são motivos pra lá de convincentes para abrir uma loja no Instagram e aprender a como colocar valor nas fotos dos produtos.

Com essa opção você consegue colocar um tipo de etiqueta nos produtos postados e direcionar o cliente ao site ou a um aplicativo da sua loja que você pode ter criado, e com certeza essa novidade ajudou e ainda colabora grandemente para um alto volume de vendas na rede social de modo online. Leia conosco e saiba como colocar preço no Instagram, vamos lá!

Como lucrar com essa opção?

Afinal, como colocar preço no Instagram? A opção que citamos acima pode ser usada em qualquer conta comercial, porém é necessário aprender e seguir os requisitos estipulados pelo Facebook que agora é dono também do Instagram.

Vamos te mostrar tudo que é necessário para vender e aprender como colocar preço no Instagram nesse artigo logo aqui abaixo. Leia:

Políticas do Facebook

Para obter na sua conta o botão de compras é necessário que tudo esteja de acordo com as regras impostas pelo Facebook. Em resumo, o vendedor deve concordar com aspectos sobre estar ligado com o Facebook enquanto é um vendedor.

Sua empresa concorda que ao se cadastrar como vendedor ela aceita os serviços do PayPal e dos modos de pagamentos usados por redes sociais no momento.

É informado também uma taxa que é cobrada nas operações. Existem também certas políticas comerciais que mostram como usar o perfil corretamente com o público-alvo e também o que não é permitido ser vendido no seu perfil comercial.

Perfil comercial

Transforme seu perfil em comercial, ao entrar no seu perfil no aplicativo do Instagram clique na sessão “conta” e depois em “mudar conta para comercial”, isso depende se você quer reaproveitar seu perfil já existente ou não.

Após isso siga as instruções dadas ali, incluindo categoria e subcategoria do seu perfil comercial como os de “empresa” ou “negócio local”. Depois disso, só é necessário conectar sua conta a uma página do Facebook para confirmar os contatos.

Facebook conectado

É claro que você pode criar um perfil no Instagram para comércio sem conectar ao Facebook, mas então não será possível adicionar o botão de compras. Quando estiver criando ou transformando ela em comercial escolha uma página na qual você já é administrador, se não possuir crie uma na opção já existente e siga para confirmar seus dados.

Ativação de compras

Depois de criar um catálogo no Facebook você conseguirá ativar o “Instagram Shopping” e se for aprovado poderá colocar preço nas suas fotos e produtos. Mas como ativar esse modo e colocar preço?

Acesse seu perfil e toque nas três linhas, depois selecione configurações, em seguida selecione a opção “empresas”, depois vá em “configurar compras no Instagram”. Depois de seguir todos esses passos aguarde para que sua conta seja aprovada, podendo levar até 15 dias para isso.

Preços nos produtos e fotos

Assim que sua loja obter aprovação você verá seus catálogos criados no Facebook e conseguirá marcá-los nas suas publicações. No Instagram vá em “empresas” e na aba das configurações você notará o surgimento da opção “loja”, então clique nela.

Você verá então todos os seus produtos que cadastrou na etapa anterior, depois crie uma publicação de maneira normal, mas antes de finalizar vá em “marcar produtos” que está disponível agora. Pesquise o que você quer vender e leve o sticker para próximo do produto, volte e compartilhe seu produto normalmente.

Após seguir todas essas etapas e aguardar a aprovação você poderá inserir valor nas fotos dos produtos disponíveis e divulgar sua marca ainda mais usando essa ferramenta oferecida pela própria rede social.

O que não pode vender?

Existem algumas restrições do que pode ser vendido no Instagram após o tornar um perfil comercial autorizado a colocar preço nos itens. Por exemplo, bebidas alcoólicas, artigos de cunho sexual, drogas ilícitas ou lícitas, armas ou qualquer tipo de munição ou explosivos, seja ele de qualquer modelo, e animais também não são permitidos para comercialização dentro da plataforma.

É vetado também qualquer tipo de discurso que incentiva o ódio, que promove o bullying ou que incitem qualquer tipo de crime futuro que cause algum tipo de dano às pessoas, aos animais ou a qualquer lugar como empresas, festas, bares e etc.

A plataforma também permite o anúncio apenas de itens físicos, são vetados itens de maquinário pesado, combustíveis e automóveis, itens médicos são proibidos e tudo que já está explicitamente proibido no Facebook.

Esse foi nosso artigo de hoje sobre como colocar preço no Instagram, esperamos que tenha gostado, até a próxima!

O mercado da beleza tem um tendência de bons lucros, veja as melhores áreas para atuar

O mercado de beleza tem muitas áreas para atuar, com bons serviços de grande procura. Cada uma das opções oferecem bons lucros, trabalhando do modo certo as coisas podem evoluir muito.

Se tem uma coisa que as pessoas não abrem mão hoje em dia, mesmo nos momentos atuais de crise é a área de beleza. Por isso, mesmo diante do cenário atual ela não sofreu.

Mostrarei para você alguns serviços de beleza que dão dinheiro e que estão sempre em alta no mercado.

Lembrando que fazer um curso de maquiagem pode ser uma excelente opção de lucros, além de servir como um dos cursos para horas complementares de algumas graduações.

O mercado da beleza tem um tendência de bons lucros, veja as melhores áreas para atuar

No cenário financeiro atual as crises são comuns em várias áreas, porém, o serviço de beleza vem crescendo e segurando o emprego de muitos profissionais.

Diante do cenário atual, o mercado de beleza ainda continua dando dinheiro, simplesmente utilizando habilidades necessárias.

Para todos os serviços de beleza é importante ter boa qualificação, contribuindo para um trabalho mais profissional. Dessa forma, cursos podem ser necessários para aprimoramento.

1. Comece trabalhar como manicure

Entre as áreas que dão um bom dinheiro no mercado de beleza está o serviço de manicure e pedicure. Embora elas sejam as mais comuns, possuem uma boa rentabilidade.

Esse serviço é um segmento básico, muito comum ver, uma das mais tradicionais que tem no mercado. Por isso é um dos mais procurados, embora concorrida existe uma boa demanda. Então continua sendo uma ótima oportunidade de negócio.

Para realizar um ótimo trabalho é bom fazer algo que chame atenção do público, tendo sempre clientes que amem o seu serviço. Uma das maneiras é oferecer atendimento domiciliar, preenchendo alguns detalhes que faltam no mercado.

Então o trabalho para ser bem realizado deve ter os melhores itens, os mais sofisticados. Logo, você deve possuir bons esmaltes e acessórios que possa fornecer um excelente resultado

2. Ofereça serviços de maquiadora

Outra coisa que também está em alta no mercado de beleza: serviço de maquiadora.

Se por um lado a manicure é um dos mais procurados, a área de maquiadora é uma das mais lucrativas no mercado. Sendo assim, dependendo do estilo de maquiagem pode ser cobrado mais de R$200, ainda mais se for no caso de fazer em uma noiva.

As maneiras de trabalhar como maquiadora são diversas, como:

  • Possuindo o próprio salão de maquiagem
  • Fazendo serviço à domicílio
  • Oferecendo cursos.

Todo esse trabalho pode ser aperfeiçoado com cursos profissionalizantes. Dessa forma, é possível sempre está atualizada, com novas modas que surgem no mercado.

3. Trabalhe como cabeleireira

O trabalho como cabeleireira nunca deixará de existir. Isso é o que parece, porque toda mulher gosta de ir no salão, deseja que seu cabelo fique bem cortado ou tratado da forma correta.

Além disso, é um dos serviços de beleza que dá mais dinheiro, devido à grande procura no mercado.

Como se trata de um trabalho que sempre vai estar atualizado, não deixa de ser uma ótima oportunidade no mercado. Então para quem tem uma ótima habilidade neste ramo de beleza, poderá prestar esse serviço no salão, domiciliar ou até de duas maneiras.

Entre as atividades mais procuradas estão pintura, corte de cabelo, alisamento, relaxamento e luzes.

Se você pensa em montar um salão de cabeleireiro, aprenda todos os passos para isso. Busque também o uso das tecnologias para apresentar seu trabalho em redes sociais.

4. Ganhe dinheiro na área da depilação

Essa é uma ótima área para você trabalhar, não era um serviço buscado com tanta força como no presente momento. Mas hoje em dia o número de pessoas correndo atrás de profissionais está crescendo.

Como o mercado cresceu muito, o uso de cera para depilação está em alta.

Para realizar um bom trabalho nessa área é necessário ter materiais de qualidade, com marcas que realmente fazem a diferença. No entanto, é preciso ter produtos apropriados e ter técnicas especiais.

Essa é uma área promissora porque o serviço pode ser oferecido em clínicas, em um salão que deseja montar, ou a domicílio.

Esse serviço lucrativo do mercado de beleza está sendo usado até por homens. Por isso o serviço vem sendo cada dia mais ampliado e a demanda vem crescendo constantemente.

5. Trabalhe como designer de sobrancelhas

Se tem uma área que vem trazendo bons lucros ao mercado de beleza é o design de sobrancelhas. Por isso, a busca oferece bons ganhos para o profissional.

Tanto homens quanto mulheres estão buscando esse tipo de serviço. Sendo assim se tornou uma ótima área para se trabalhar.

As técnicas para uma boa depilação e até desenho de sobrancelhas são variadas como:

  • Preenchimento com lápis;
  • Micropigmentação;
  • Aplicação de henna;
  • Ombré shadow;
  • Fio a fio;
  • Brown lamination, etc.

Qual a área de beleza da mais dinheiro

A área de beleza que dá mais dinheiro é o bronzeamento natural, um serviço que pode dar mais de R$5000.

Esse valor, no entanto, é para estrutura mais simples, então isso quer dizer que os ganhos podem ser muito maiores.

O lucro desse tipo de serviço no mercado de beleza é devido a sua enorme procura.

Uma das coisas que você deve fazer é investir na cidade que mora. Aproveite, a concorrência ainda é baixa, dessa forma, é possível crescer no mercado e ter bons lucros.

Muitas mulheres desejam ter um bronzeamento bem uniforme, perfeito. Então, você pode oferecer de início um bronzeamento natural e posteriormente um artificial.

Sem dúvida, público para isso não vai faltar. Consequentemente será um ótimo resultado financeiro.

Os serviços de beleza são variados, você pode trabalhar nessa área, mas também em outras. Inclusive pode oferecer todos os citados aqui. Para isso, é necessário dedicação e determinação.

Conclusão

Cada serviço de beleza oferece bons ganhos, com ótimos lucros e muita opção no mercado.

Para que cada um dos serviços seja colocado em prática é necessário muita dedicação. Embora as áreas de beleza sejam diversas, elas podem ser usadas juntas, no mesmo lugar.

Busque aquilo que mais se adeque ao que goste. Mas leve em consideração o lucro, oferecendo, é claro, bons serviços.

Gostou desse conteúdo de beleza? Temos mais a apresentar por aqui mesmo, acesse.

Tome hoje a decisão de se tornar um desses serviços e até mesmo comece com um curso de maquiagem online.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Certificado Cursos Online, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre cursos, educação e diversos segmentos.

Benefícios que você terá em comprar um curso para fazer exercícios em casa

Quem busca ter uma maior qualidade de vida encontrou uma ótima opção na prática de atividade física. Exercitar-se, mesmo duas vezes por semana, pode ajudar a manter a mente e o corpo saudáveis ​​e em equilíbrio geral. Mas engana-se quem pensa que é preciso ir à academia para treinar. É possível se exercitar em casa e ainda aproveitar todos os benefícios do exercício.

Seja se exercitando em casa ou dentro da academia, uma coisa que podemos destacar que é certa: fazer essas atividades é bom para sua saúde física, pois constrói músculos, ajuda a manter a saúde mental e alivia tensão, ansiedade e sintomas de estresse e ansiedade. A prática de qualquer atividade física, como, por exemplo: abdominais, yoga e pilates, pode melhorar as dores nas costas e ajudar a definir o corpo nos momentos mais intensos.

Não há dúvidas de que treinar em casa também é uma excelente forma de desejar ter menos flexibilidade no dia a dia. Dito isso, ir à academia nem sempre é fácil para quem tem filhos ou trabalha até tarde.

Por conta disso, existem várias alternativas a serem consideradas, como treinar em casa. Mas, claro, também é importante saber fazer isso de forma saudável e, claro, dentro de suas limitações e condições.

No artigo de hoje, veremos alguns exercícios que você pode implementar com a ajuda do produto certo. Além disso, abordaremos os principais benefícios e todos os cuidados que precisa ter ao decidir que o treino em casa é uma excelente opção para o seu dia a dia.

Benefícios das atividades físicas na quarentena

O Certificado Cursos Online, plataforma de Cursos Online mostra que pessoas que eram fisicamente ativas ou começaram a praticar de forma isolada antes da pandemia, e você pela falta de atividade física, diversos pessoas têm um maior nível de estresse e de ansiedade, que são totalmente causados ​​pelo momento atual.

Durante a pandemia, as pessoas passaram mais tempo deitadas ou sentadas, o que pode levar a mais e mais problemas no futuro. Com o aumento da imunidade e da prevenção de problemas de saúde, a atividade física pode ajudar a manter uma boa saúde mental e reduzir o estresse e a ansiedade durante a quarentena.

As pessoas que não estavam acostumadas à atividade física antes da quarentena e querem começar, devem ter muita cautela e respeitar suas limitações.

Como se exercitar durante a quarentena

Veja algumas opções para você que não tem tempo para ir a uma academia e deseja começar a se exercitar:

Cursos online

Diversos profissionais do esporte começaram a fazer diversos treinos pelas plataformas sociais e até mesmo dar aulas online para os seus alunos.

Você pode também fazer diversos Cursos Online com Certificado da área da educação física e começar a se exercitar hoje mesmo.

Youtube

Uma excelente forma que jamais poderia passar em branco é o Youtube. Dentro da plataforma de vídeos, você pode acessar diversas aulas de exercícios físicos, ioga, dança, meditação e muito mais. Você pode escolher o tipo de atividade que melhor lhe convier e começar imediatamente.

Aplicativos

No momento, os aplicativos de fitness são muito populares. Isso torna muito mais fácil e prático a realização de atividades em casa.

Exercício em Casa

Vantagens

Treinar em casa é uma excelente forma de melhorar a sua performance física, você mesmo poderá escolher o melhor horário para sua programação. Você pode optar por definir seu próprio horário de manhã, tarde ou noite. Além disso, você pode fazer seu próprio ambiente, colocar a música que quiser e deixar o exercício a sua cara.

Outro benefício de se exercitar em casa é a privacidade. Se você não gosta ou se sente mal por treinar com toda essa gente na academia, essa é a solução. Vista a roupa que quiser e comece hoje mesmo a treinar sem nenhuma preocupação.

A economia também é um dos benefícios de se exercitar em casa. Ao contrário da academia, você não precisa gastar dinheiro todo mês. Além disso, muitos acessórios podem ser ajustados para completar o treinamento. Existem até algumas aulas de fitness online que, embora pagas, podem ser uma boa opção para praticar no conforto da sua própria casa.

Desvantagens

Uma das desvantagens do exercício em casa é a falta de motivação. Concedido, você não vai pagar uma academia para se sentar. Em casa, não poderia ser diferente.

Se você não estiver motivado, não conseguirá progredir no seu treino, e o mais importante é sempre manter o foco e jamais deixar que os pensamentos ruins tomem conta da sua cabeça.

A preguiça é outra questão a considerar. Já que você não vai à academia, estabeleça algum horário na sua rotina. Toda vez que você tiver preguiça, lembre-se do quanto a sua saúde é importante e como é maravilhoso ter a oportunidade de fazer alguma determinada atividade física.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Certificado Cursos Online, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre cursos, educação e diversos segmentos.

Dicas para manter uma rotina saudável na alimentação diária

Muitas vezes, a alimentação saudável fica em segundo plano quando se trata de conciliar estudo, trabalho e outros compromissos diários. Quando não se tem tempo, será muito mais fácil comer um fast-food do que passar horas preparando uma refeição.

No entanto, comer os alimentos certos corretamente é um pré-requisito para se manter saudável. Afinal, será pela alimentação que obtemos os nutrientes para que o nosso corpo possa funcionar de forma correta.

Portanto, a comida nunca deve ser ignorada, ao invés disso, deve ser considerada uma prioridade. Neste artigo, apresento algumas dicas para manter uma alimentação equilibrada. E ao final do artigo vamos abordar um cálculo que os Cursos Online Gratuitos ensinam aos seus alunos

Vamos lá?

Tenha a meta de fazer quatro refeições por dia

Um erro muito grave dentro da vida agitada é parar de comer. Muitas pessoas optam por comer apenas duas refeições, como almoço e jantar, uma atitude que é muito perigosa.

Isso ocorre porque a maioria dos nutrientes, como vitaminas e minerais, são excretados do corpo se eles não forem consumidos. Portanto, é essencial sempre ingeri-los de forma regular com o objetivo de complementar a quantidade necessária de nutrientes para o dia a dia.

Toda pessoa que ficar sem comer por um longo período de tempo vai experimentar uma fome incontrolável. Então, essas pessoas acabam querendo comer tudo o que vê em sua frente quando chegam em casa

Assim, em vez de comer somente duas vezes ao dia, em grandes quantidades, faça cerca de 4 pequenas refeições ao longo do dia. Mesmo se você estiver ocupado, reserve pelo menos uns 15 minutos para se alimentar.

Jamais pule o café da manhã

O café da manhã é a refeição mais importante do dia de uma pessoa.

Quando você faz uma boa alimentação, seu corpo funcionará da melhor forma, permitindo que você tenha uma melhor digestão ao longo do dia.

Então não saia sem comer. Chegar atrasado não deve ser desculpa: se for preciso, busque acorde cedo, programe suas tarefas e mexa-se o máximo que puder na noite anterior.

Tenha um horário e um local para fazer as refeições

Tenha em mente que as refeições jamais devem ser negligenciadas. O ideal é sempre ter em média de 3 horas entre cada refeição. Porém, isso não é uma regra. Procure sempre definir um bom horário que seja baseado no metabolismo do seu corpo.

Com o objetivo de facilitar, escolha sempre um horário regular para fazer as refeições e um lugar tranquilo. Por exemplo, no momento do almoço, sempre procure sair no mesmo horário.

Manter uma alimentação equilibrada

As refeições serão inúteis se você somente comer pão e carne. Para ter uma boa alimentação, deve haver um equilíbrio entre as quantidades de nutrientes: carboidratos, minerais, proteínas e vitaminas.

Portanto, faça uma dieta balanceada de frutas, verduras, pães (de preferência integrais), carnes, etc. em todas as refeições. Se sair para almoçar e jantar, prefira as cafeterias, pois têm uma variedade maior de comida, principalmente saladas. Procure sempre montar um prato colorido para garantir uma variedade de vitaminas e nutrientes.

Jantar

Um grande problema em pular refeições durante o dia é que você sentirá muita fome durante a noite. Neste momento, o nosso metabolismo será relativamente lento e, poderá ser perigoso se formos dormir logo que se alimentar. Agora não é hora de abraçar alimentos que são muito pesados, como, por exemplo: massas e carnes.

Então, à noite, é melhor comer alimentos leves, como salada, sopa e frutas. Além disso, nós não recomendamos que você coma antes de ir para a cama. Procure sempre comer pelo menos duas antes de ir dormir. Se você estiver com fome, escolha alimentos que não sobrecarregam o seu estômago.

Alimentos naturais

Muitas vezes quando a gente está com pressa, é muito mais fácil comer um pacote de biscoitos ao invés de um alimento mais saudável. Porém, esses alimentos processados são ricos em conservantes e corantes artificiais, que fazem completamente mal à saúde.

Com o objetivo de ter uma alimentação saudável, opte sempre por alimentos naturais e frescos. Uma dica é ter sempre um pote de frutas na geladeira.

No entanto, para isso, você precisa ir ao supermercado regularmente e manter uma geladeira e despensa bem abastecidas.

Resista às tentações do dia a dia

Dentro do supermercado você deve resistir sempre à tentação de encher o carrinho com biscoitos, refrigerantes e doces. Esses alimentos processados ​​não têm valor nutricional além de muitos conservantes e corantes. Uma boa dica é não ir ao supermercado com fome, assim você vai reduzir as chances de sucumbir à tentação.

Isso não significa que você deva abrir mão dos extras por completo, porém alimentos processados jamais deverão fazer parte da sua rotina diária. Você ainda vai poder comer alguns docinhos se você for em algum aniversário ou até acabar tomando uma cerveja com os seus amigos em algum dia do mês.

Beba muita água e outros líquidos

Podemos destacar que jamais vai existir uma alimentação saudável sem você beber muita água. Pois, a água é essencial para regular as funções no seu organismo, incluindo a digestão e a eliminação de diversos resíduos alimentares.

Prefira sempre beber água entre as refeições e não com. Pois, o objetivo será em não interferir dentro da absorção dos nutrientes

Segundo os Cursos Online da área da nutrição, afirmam que, com um simples cálculo você saberá qual será a quantidade de água necessária para ter um bom funcionamento do seu corpo. Faça o seguinte cálculo: 35ml de água pelo seu peso corporal. Veja a seguir: 72kg X 35ml = 2.520, ou seja, 2 litros e 520ml que você deverá ingerir por dia.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Certificado Cursos Online, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre cursos, educação e diversos segmentos.

O que significa #TBT? – Entenda o que é e saiba como usar

O que significa #TBT? Qual o significado desse acrônimo tão usado em redes sociais? Como podemos usá-los em nossas mídias, fotos e vídeos postados em aplicativos? Posso usar TBT em outros dias da semana ou somente na quinta-feira? Que tipo de vídeo ou foto eu posso postar em uma “quinta de TBT”? Qual a origem desse termo? Quais os melhores cursos de inglês online?

As redes sociais se tornaram uma verdadeira parte de nossas vidas. Seja no WhatsApp, Instagram, Twitter, Facebook, Telegram, Signal, TikTok ou Snapchat, a verdade é que sempre teremos um perfil ou algo do tipo em alguma dessas redes sociais, para nos comunicarmos e também termos lazer nas mesmas.

Tudo isso gera uma conexão imensa entre milhares de milhões de pessoas ao redor do mundo. Hoje, uma pessoa que mora no Cazaquistão pode se tornar famosa em todo o mundo, com seus vídeos e fotos virais aparecendo para populações do Alaska, do Uruguai, da Alemanha, do México ou Colômbia, tudo ao mesmo tempo.

Devido a esses fatos mencionados, algumas práticas também se tornaram virais. As hashtags usadas em fotos do Instagram, por exemplo, reúnem uma grande quantidade de imagens que seguem uma mesma linha. Por exemplo, se você procurar pela hashtag “#cats” encontrará várias mídias de gatinhos fofinhos. O mesmo aconteceu com o acrônimo #TBT.

Por isso, no conteúdo de hoje, vamos explicar a você nosso leitor que é muito curioso, o que significa #TBT. Dessa forma, pode entender melhor sobre o assunto e segmentar suas mídias de forma mais organizada para serem postadas nas quintas-feiras, data específica desse tipo de postagem. Leia conosco até o final do conteúdo e saiba mais, vamos lá!

O que significa #TBT?

Afinal, o que significa #TBT? Em inglês, o termo é um acrônimo para a expressão “Throwback Thursday”, que em tradução livre para o português, significa “Quinta-feira das Lembranças”, onde você posta mídias em suas redes sociais (fotos e vídeos) que relembrem alguma situações incrivelmente boas do seu passado: festa com os amigos, churrasco com a família, fotos em locais específicos, etc.

Quando o #TBT é postado?

Agora que já sabe o que é #TBT, vamos a outra dúvida: quando o #TBT é postado? Como mencionado acima, o acrônimo tem correlação direta com fotos antigas em uma quinta-feira. Dessa forma, a data correta de um #TBT é realmente nas quintas, independentemente da quinta que seja.

É claro, nada lhe impede de postar um #TBT em outro dia da semana. Aliás, essa prática se tornou bastante comum no feed das redes sociais aqui no Brasil. É muito comum ver publicações no Instagram com legendas do tipo “Não é quinta de #TBT, mas é dia de lembrar dessa data maravilhosa” seguida de uma foto ou vídeo específico.

Então, não é uma regra, apenas um consenso: as quintas-feiras você provavelmente verá uma quantidade muito maior de fotos e vídeos com a marcação de #TBT nas legendas, seja em uma publicação do feed ou então nos stories do Instagram, Facebook, Twitter, entre outras redes que possuem essa tecnologia de postagem que expira em 24 horas, como o próprio WhatsApp com seu famoso “status”.

Quão antiga tem que ser a mídia para ser postada em #TBT?

E quão antiga tem que ser a mídia para ser postada em #TBT? Em relação a esse tipo de informação, não há uma regra propriamente dita e seguida à risca. Existem pessoas que postam #TBT de um ano, enquanto outras postam fotos da festa do final de semana que se passou, enquanto outras postam fotos de infância.

Portanto, não há uma regra nem consenso, apenas vontade própria. Dessa forma, se você tem vontade de postar uma foto de cinco anos atrás ou de cinco dias atrás, é você quem decide. Leve em conta o que tem vontade de fazer em suas redes sociais e coloque em prática, afinal, não devemos agradar ninguém a não ser nós mesmos.

Pode postar #TBT em todas as redes sociais?

E pode postar #TBT em todas as redes sociais ou somente no Instagram? Inicialmente, os stories existiam somente no Instagram. Foi a maneira que a plataforma encontrou de desbancar o Snapchat, após o seu criador rejeitar a venda da rede social para o antigo grupo Facebook, hoje conhecido como Meta, que é dono do Instagram e também da rede social que levava o nome no passado.

Dessa forma, inicialmente a “quinta de #TBT” era um tipo de publicação possível somente no Instagram. Porém, com o tempo, outras redes sociais foram incorporando esse tipo de publicação que expira em 24 horas: o próprio Facebook, com integração de publicação com o Instagram, o WhatsApp que também é propriedade do grupo Meta e o Twitter são exemplos de redes sociais que incorporaram os stories como função de publicação.

Portanto, sim, pode postar #TBT em todas as redes sociais que suportarem publicação de mídia, seja em feed permanente ou então em stories que expiram após 24 horas. E então, gostou de saber o que significa #TBT? Comente abaixo o que achou. Até a próxima